quinta-feira, 27 de abril de 2017

Jesus (C. H. Spurgeon)




                         Jesus!



“Jesus, nome acima de todos os nomes!

Jesus, melhor e mais próximo!

Jesus, fonte de amor perfeito, o mais santo, o mais terno, o mais querido!

Jesus, fonte da Divina glória consumada!

Jesus o mais santo, o mais doce!

Jesus, Salvador Divino, Teu nome, e só Teu!”.

***

“Jesus, só de pensar em Ti

Com doçura se enche meu peito.”

“Deixem os seus corações irem em direção a Ele em carinhosa união.

Jesus é o Seu nome de morte: “Jesus de Nazaré, Rei dos Judeus”, foi escrito na Sua cruz.

 Esse é o Seu nome de ressurreição.

Esse é o nome de Seu Evangelho que pregamos.

É o nome que Pedro pregou para os gentios, quando ele disse: “Este é Jesus de Nazaré, por quem é pregada a vocês a remissão dos pecados”.

E este, amados, é o Seu nome do Céu!

Eles cantam a Ele lá como Jesus! Veja como Ele conclui a Bíblia. Leia Apocalipse!

Leia suas músicas e veja como eles adoram a Jesus, o Cordeiro de Deus!

Vamos e contemos sobre esse nome!

Meditemos continuamente sobre ele! Vamos amá-lo a partir de hoje e para sempre!

Amém”.

***

“E dará à luz um filho e chamarás o seu nome JESUS; porque ele salvará o seu povo dos seus pecados.” (Mateus 1:21)

• Bernardo deliciosamente disse que o nome de Jesus é mel para a boca, melodia para o ouvido e alegria para o coração.

• Tão indescritivelmente perfumado é o nome de Jesus que dá um delicioso perfume a tudo o que está conectado com ele.

• O nome de Jesus foi doce a princípio por causa das palavras que o acompanharam, pois elas tinham como objetivo remover a perplexidade da mente de José e algumas delas foram ditas assim: “Não temas”.

• Em verdade, nenhum nome pode banir o medo como o nome de Jesus! Ele é o começo da esperança e o fim do desespero! Deixe só o pecador ouvir sobre “o Salvador”, e ele se esquece de morrer! Ele espera viver!

I. Primeiro, iremos observar que O NOME DE JESUS É UM NOME DIVINAMENTE DETERMINADO E EXPOSTO.

• Deus O conhecia perfeitamente e Lhe deu o nome de Jesus. Podemos estar certos, então, de que nosso Senhor é, mais do que tudo, o Salvador e é melhor descrito por esse termo.

• Não é o nome de Jesus para ser visto com prazer reverencial por cada um de nós, quando nos lembramos de onde Ele veio? Ele não é um Salvador de nossa própria criação, mas Deus, o Pai eterno O designou como nosso Libertador e Salvador, dizendo: “E lhe porás o nome de JESUS”. É um nome que o Espírito Santo explica, pois Ele nos diz a razão para o nome de Jesus: “porque Ele salvará o seu povo dos seus pecados”. “Salvador” é o significado do nome, mas tem um sentido mais completo e profundo escondido, pois em sua forma hebraica significa, “a salvação do Senhor”, ou “o Senhor da salvação,” ou “o Salvador”. O anjo interpreta, “Ele salvará “, e a palavra para “Ele”, é muito enfática.

• Os significados grandiosos geralmente habitam nas palavras mais curtas e, neste caso, a palavra “salvar”, é um poço onde o prumo demora a encontrar um fundo! Jesus traz uma grande salvação, ou como diz Paulo: “tão grande salvação”, assim como ele sentiu que nunca poderia estimar sua grandeza (Hebreus 2:3). Ele também fala dela como “salvação eterna” (Hebreus 5:9), e mesmo como disse Isaías: “Israel será salvo no Senhor, com uma salvação eterna” (Isaías 45:17). Imensuravelmente glorioso é o nome “Jesus”, como é divinamente exposto para nós, pelo que a própria exposição do Deus eterno garante o sucesso do Salvador!

• Além disso, além de expor este nome, o Espírito Santo, pelo evangelista Mateus, se agradou de nos referir ao sinônimo dele e assim dar-nos o seu significado por comparação. Deixe-me ler os próximos versículos. “Tudo isto aconteceu para que se cumprisse o que foi dito da parte do Senhor, pelo profeta, que diz; eis que a virgem conceberá, e dará à luz um filho, e chamá-lo-ão pelo nome de EMANUEL, que traduzido é: Deus conosco” [Mateus 1:22-23]. Se, quando nosso Senhor nasceu e foi nomeado, “JESUS”, a antiga profecia que dizia que ele deveria ser chamado de Emanuel foi cumprida [veja Isaías 7:14], segue-se que o nome “JESUS”, tem um significado equivalente ao de “EMANUEL” e que seu significado potencial é “Deus conosco”.

• Na verdade, irmãos e irmãs, Ele é Jesus, o Salvador, porque Ele é o Emanuel, Deus conosco!

II. Em segundo lugar, embora este nome tenha sido assim escolhido por Deus, NOSSO SENHOR FOI NA VERDADE CHAMADO PELO NOME DE JESUS pelo homem.

• Tanto José e Maria, de acordo com a ordem Divina, uniram-se em chamar a criança pelo nome designado.

• E, irmãos, todos nós a quem Cristo é revelado, O chamamos de Jesus, o Salvador!

• Existem muitos que pensam que conhecem nosso Senhor, mas como eles só falam dEle como um Profeta, um Mestre, ou um Líder e não O tratam como um Salvador, está claro que eles estão na ignorância quanto ao Seu caráter principal. Seu primeiro nome, Seu nome pessoal, eles não conhecem.

• Nada é mais importante sobre um homem do que o seu nome — dificilmente podemos falar dele sem se pronunciar o seu nome —, e assim nós sentimos que não podemos mencionar o nosso Senhor, sem falar da salvação! Se Ele é tudo, Ele é Jesus, o Salvador!

• Nós O conhecemos melhor por esse nome! Nós pregamos aos homens Jesus! Insistimos sobre Ele primeira e principalmente que Ele é o Salvador do pecador!

• Se nos braços da virgem Ele é o Salvador, que é Ele no trono de Deus? Se envolto em faixas Ele é Jesus, o que Ele é agora que os Céus O receberam? Se na oficina de Nazaré e sentado no Templo entre os doutores, Ele era o menino Jesus, o Salvador, que é Ele, agora que Sua infância e adolescência acabaram e Ele é exaltado acima de todos os principados e potestades? Se Ele era Jesus quando estava na cruz, apresentando-se como uma oferta para o Seu povo, o que é Ele agora que Ele, por um sacrifício, aperfeiçoou para sempre os que são separados? O que Ele é agora que Ele está sentado à direita de Deus, esperando até que Seus inimigos sejam postos por escabelo de Seus pés?

• Vamos todos nos unir em chamar nosso Senhor por este afetuoso nome humano de Jesus! Não somos Sua mãe, irmã e irmão? Ele não se referiu a todos os crentes por esses títulos afetuosos? Então, nós, também, vamos chamá-lo de Jesus. “Jesus, nome acima de todos os nomes! Jesus, melhor e mais próximo! Jesus, fonte de amor perfeito, o mais santo, o mais terno, o mais querido! Jesus, fonte da Divina glória consumada! Jesus o mais santo, o mais doce! Jesus, Salvador Divino, Teu nome, e só Teu!”.

III. O NOME TINHA SIDO USADO POR OUTRO, MAS AGORA É RESERVADO A ELE SOMENTE.

Seu nome será Jesus, pois Ele, somente, é um Príncipe e Salvador e realmente salva o Seu povo dos seus pecados!

Ele fará todo o trabalho e não deixará nada por fazer — Ele o começará, o continuará e o concluirá — e, portanto, é o Seu nome chamado Jesus porque Ele salvará completamente e perfeitamente o Seu povo dos seus pecados!

IV. O quarto ponto se desenvolve a partir da redação do texto. ESTE NOME DE JESUS IDENTIFICA NOSSO SENHOR COM SEU POVO. “E lhe porás o nome de JESUS”, pois esse nome declara Sua relação com o Seu povo. É para eles que Ele é o Salvador. Ele não seria Jesus se Ele não tivesse um povo! Ele não poderia ser, pois não poderia haver Salvador se não houvesse ninguém para salvar! E não poderia haver Salvador do pecado, se não houvesse pecadores.

• Observem, queridos amigos, a conexão importante aqui revelada entre nosso Senhor e Seu povo já que Seu próprio nome depende dela, Seu nome próprio, pessoal não tem nenhum significado sem Seu povo. “Ele salvará o Seu povo”.

• Se você nunca foi culpado de pecado, você não é nenhum daqueles que Ele veio para libertar do pecado.

• Como Martinho Lutero diz, Ele nunca se deu por nossa justiça, mas Ele deu a Si mesmo por nossos pecados! O pecado é um mal horrível, um veneno mortal, mas é isto que dá a Jesus Seu título quando Ele o vence. Que maravilha pensar sobre isso! A primeira ligação entre a minha alma e Cristo não é a minha bondade, mas minha maldade! Não é o meu mérito, mas minha miséria! Não é a minha posição, mas minha queda! Não é minha riqueza, mas a minha necessidade. Ele vem visitar o Seu povo, mas não para admirar sua beleza, mas para remover sua deformidade! Ele não vem para recompensar as suas virtudes, mas para perdoar os seus pecados! Ó pecadores! Eu quero dizer pecadores de verdade, não vocês que chamam a si mesmos assim porque lhes foi dito que vocês o são, mas vocês que se sentem culpados diante de Deus, aqui está uma boa notícia para vocês! Vocês pecadores autocondenados que sentem que se vocês algum dia tiverem a salvação, Jesus deve trazê-la para vocês e ser o princípio e o fim de tudo, peço-vos que se alegrem neste querido, precioso e bendito nome, pois Jesus veio para salvá-los, até mesmo VOCÊ!

V. O quinto ponto é muito claro e bem digno de nota. O NOME DE “JESUS” INDICA SUA PRINCIPAL OBRA. “E lhe porás o nome de JESUS, porque Ele salvará”. Ele salvará do pecado.

VI. Este NOME DE JESUS É UM NOME COMPLETAMENTE JUSTIFICADO PELOS FATOS.

• Suba para o Céu e veja o exército branco como a neve, brilhando como o sol em pureza imaculada. Pergunto-lhes de onde eles vieram? A resposta é que eles lavaram as suas vestes e as branquearam no sangue do Cordeiro! É a mais pura verdade que Jesus salva o Seu povo de seus pecados, a terra sabe disso, o inferno uiva por isso e o Céu canta! O tempo tem visto isso e a eternidade o revelará! Não há ninguém como Jesus no poder salvador! Toda a glória seja a Ele! Ele virá do Céu com alarido e todos os Seus exércitos estarão com Ele. O dia da Ceia do Cordeiro virá e a Noiva já se aprontou. E ela, que é a rainha toda gloriosa, usando sua veste de ouro trabalhado deve sentar-se à mesa de Deus, com seu glorioso Marido, então se verá que Ele salvou a Sua Igreja, o Seu povo, de seus pecados!

VII. Em último lugar, ESSE NOME É O NOME PESSOAL DE CRISTO PARA SEMPRE.

• Ele é Jesus e nós O amamos! Jesus é também o nome do coração e está cheio da música de amor. Aqueles que mais O amaram lhe deram o nome, especialmente Sua mãe, que ponderou tudo sobre Ele em seu coração. É o nome que move nossos afetos e inflama nossas almas.

***

“Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome;

Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra,

E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai”

“E há de ser que todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo”.


(Filipenses 2:9-11; Romanos 10:13).

Nenhum comentário:

Postar um comentário